8.1.18


   Mes disques sont un miroir
   Dans lequel chacun peut me voir
   Je suis partout à la fois
   Brisée en mille éclats de voix 
(...) 
   

                            Serge Gainsbourg / France Gall - Poupée de cire, poupée de son 


                          *  *  *  *                                                 
    

7.1.18


© Nuno Alexandre Mendes











6.1.18


© Nuno Alexandre Mendes





3.1.18


© Nuno Alexandre Mendes





1.1.18


31.12.17


© Nuno Alexandre Mendes




29.12.17


© Nuno Alexandre Mendes





          Miss Sharon Jones 


São muitas as formas como a música passa e a absorvemos nessa fronteira ténue que separa o palco da plateia.
Quem já não sentiu, até na primeira fila, que o palco e a música parecem intransponíveis?
Muito mais do que o toque, muito mais do que a real proximidade com o público, no concerto em 2011 na Casa da Música, Sharon Jones criou em mim e em todos os que estiveram presentes a atmosfera e o ambiente mais vibrantes e intensos de que tenho memória, ao fazer da MÚSICA, o que ela, neste caso, simplesmente é.
E, mesmo depois do concerto, privando de forma quase anónima, espelhando uma simplicidade e generosidade contagiantes. Fica o singelo tributo, a uma mulher de alma e fôlego inigualáveis, como também aqui, quando, recentemente, Jimmy Fallon apresentou o lançamento do álbum de forma comovente e voz embargada.


28.12.17


© Nuno Alexandre Mendes





25.12.17


© Nuno Alexandre Mendes






© Nuno Alexandre Mendes





     Mercado 48                 

        

Nuno Alexandre Mendes (e-mail)
All rights reserved. Copyright © 2017